Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Pernambuco

Investimento de R$ 8,8 milhões será feito nas ações de combate às arboviroses

Ouvir

Por: REDAÇÃO Portal

Recurso faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2020 do governo de Pernambuco para evitar que um novo surto de dengue, chikungunya e zika aconteça no estado

Recurso faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2020 do governo de Pernambuco para evitar que um novo surto de dengue, chikungunya e zika aconteça no estado
17/02/2020
    Compartilhe:

Para evitar que um novo surto de dengue, chikungunya e zika aconteça no estado, assim como houve em 2019, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) lançou o Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2020. Será feito um investimento de R$ 8,8 milhões nas ações do Estado para auxiliar os municípios em suas atividades, o que significa uma ampliação de 26% em relação ao montante investido no ano passado. 

Neste início de ano, apesar da redução de 45% nas notificações de dengue, 46% de chikungunya e 57% de zika, a gerente do Programa de Controle das Arboviroses da SES-PE, Claudenice Pontes, em entrevista ao programa CBN Recife, destacou que é fundamental que as medidas preventivas sejam realizadas para que um novo surto seja evitado. “Não só Pernambuco, mas o nordeste como um todo tem condições climáticas que favorecem muito a proliferação do mosquito, então se a gente baixar a guarda, esses mosquitos vão se proliferar em grande quantidade e a transmissão fica insustentável”, aponta Claudenice. 

Entre as medidas que serão executadas a partir do investimento, a gerente mencionou a ampliação do uso do aplicativo [email protected] PE, que consiste em mandar informações em tempo real da situação ambiental no momento de visita dos agentes. “A gente quer anteceder a ocorrência de casos, são smartphones que estão sendo entregues aos agentes de endemias. Quando ele faz a visita em cada casa, vai poder descrever como é que está aquela situação de risco. Tendo uma situação de risco, a gente pode intervir antes que os casos aconteçam”, explica. 

Confira outras informações na entrevista completa com Claudenice Pontes, disponível no play acima. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook